Melhor do Cinema
MENU
Arquivo Pessoal

Cesar Augusto Mota Jornalista e crítico de cinema há mais de cinco anos. Apaixonado pela sétima arte e DNA 100% cinéfilo, com título de premiação até no nome. Séries e games nas horas vagas

Minari-Em Busca da Felicidade

Produção de Lee Isaac Chung concorre ao Oscar de melhor filme

Mudar de cidade e buscar uma nova vida em família é um grande desafio, pois requer bastante otimismo, perseverança e também força para superar qualquer tipo de adversidade. Veremos isso em ‘Minari-Em Busca da Felicidade?’ Escrito e dirigido por Lee Isaac Chung, esta é uma obra com abordagem honesta e leve sobre uma família coreana que vive a expectativa de alcançar o tão desejado sonho americano.

Acompanhamos na narrativa a família Li, que se muda de um apartamento na Califórnia para uma fazenda no Arkansas por decisão de Jacob, o chefe da família. Os filhos David e Anne acham válida a nova experiência, mas a esposa Monica não é favorável, pois o local é distante de tudo e todos e eles não teriam nenhum vínculo social. Com visões de mundo diferentes, o casal passa a ter rusgas e se estabelece um importante debate sobre superação e o que realmente faz uma família.

Ao longo da história, o espectador capta a ideia de que é necessário construir uma família parceira, unida e disposta a apoiar um ao outro. Percebe-se nos diálogos entre Jacob e Monica que falta cumplicidade entre o casal e que não é apenas de dinheiro que vive uma família. Ele carrega a pressão de ser o provedor da casa e orgulhar esposa e filhos, já ela percebe que é importante trabalhar e não ser apenas dona de casa.

A chegada de Soon-Ja, mãe de Monica, traz um novo ar à família, e isso proporciona uma grande transformação no pequeno David, avesso ao convívio com a avó e outras pessoas mais velhas. Ao longo do tempo, o menino muda sua concepção acerca do que seria ‘avó de verdade’ e da importância de ajudar a família em meio a um local desconhecido, mesmo que ele tenha limitações físicas. Os momentos entre avó e neto são os mais felizes e profundos de toda a história e isso nos faz refletir de como podemos ser mais atenciosos e amorosos com quem está ao nosso redor, inclusive no atual período de isolamento social, que traz muita solidão e angústia às pessoas.

O trabalho de direção e de fotografia também merecem menções honrosas. Lee Issac Chung consegue passar muita sinceridade e autenticidade com as atuações de seus atores e proporciona grandes reflexões aos espectadores, de que existe esperança em meio às dificuldades e que devemos aprender a compartilhar nossos desejos e preocupações com quem mais amamos. A fotografia com o sol ao fundo do campo simboliza esta última ideia e nos mostra uma família, tida antes como desnorteada, vai aos poucos renascendo e se reconstruindo.

Uma obra com alta carga dramática e com algumas doses de humor, ‘Minari-Em Busca da Felicidade’vem não só para nos entreter, ela tem muito a ensinar. Uma carta de amor à vida e à família que merece ser apreciada.

Avaliação: 5/5 estrelas.

Gostou? Compartilhe!

Nossos grupos do
WhatsApp e Telegram
WhatsApp Telegram