Cuidado! Apex Legends é usado para golpes na internet

Febre em quase todo o mundo tem sido alvo de crimonosos

Um dos games mais populares do momento, Apex Legends vem quebrando todos os recordes que vê pela frente. O sucesso faz com que não falte gente para montar equipes, mas também torna o game, seus usuários e interessados em alvos de golpes na web.

O golpe acontece com anúncios, notícias e vídeos até com links ensinando a baixar o game para dispositivos Android, o que não existe. A intenção era de que o usuário clicasse em um link com conteúdo malicioso ou instalasse um programa de origem duvidosa em seu celular, de acordo com Camilo Gutiérrez, chefe do Laboratório de Pesquisa da ESET América Latina.

Ao pesquisar na loja oficial do Google Play, é possível encontrar aplicativos que oferecem acessórios para o jogo. Os apps afirmam ser do próprio jogo em sua versão Android. Alguns deles tentam induzir o usuário a instalar o game que, até o momento, só está disponível para PC, Xbox One e PS4.

Segundo a ESET, o golpe existe por conta da expectativa de Apex Legends ganhar uma versão para smartphones e tablets.

Vídeos no Youtube que falam desta versão do game também são golpes. Ao acessar o link na descrição do vídeo, a pessoa é levada diretamente para o download de um aplicativo malicioso. Depois de baixá-lo, a única coisa que o usuário recebe é uma série de vídeos do jogo e, em seguida, é direcionado para sites de publicidade, em que acaba descarregando outros programas.

O objetivo desses golpes é obter receita por meio de informações pessoais do usuário. Por exemplo, um aplicativo que alega ser um manual de armas e que visa dar vantagens para o usuário, pode capturar uma grande quantidade de informações se as permissões forem concedidas.

Ao aceitar as condições, o aplicativo recebe acesso à localização do dispositivo, da câmera e os contatos. Mesmo supondo que uma das permissões seja rejeitada, o app solicita permissão novamente sob o aviso de que, se isso não for feito, não funcionará corretamente.

"Em datas próximas aos lançamentos, os usuários devem estar mais atentos do que nunca para não serem tentados por falsas promessas de aplicativos que resolvam ou melhorem os jogos oficiais. Portanto, a ESET recomenda o download apenas de lojas oficiais, como o Google Play ou App Store, e verificar, mesmo nos apps encontrados nas lojas, se são realmente desenvolvidos pelas empresas responsáveis por aquela marca", diz o chefe do Laboratório de ESET América Latina.

Saiba mais sobre:

Gostou? Compartilhe!

MAIS NA WEB