Janet Jackson se abre sobre a morte do pai durante a performance

"Ele era tão forte", disse a cantora Janet Jackson ao público refletindo sobre a morte de seu pai Joe Jackson

Enquanto se apresentava no Essence Fest em Nova Orleans no domingo (8 de julho), Janet Jackson refletiu sobre a morte de seu pai Joe Jackson em um discurso sincero. Informações do Hollywood Reporter.

Foto: BryanBedder/GettyJanet Jackson

"Foi muito difícil para mim", disse Janet à multidão sobre o falecimento de seu pai. "Eu não sabia o que fazer. Eu não sabia como seguir em frente, se eu deveria cancelar este festival ou toda a turnê."

O patriarca da família Jackson faleceu em 27 de junho após uma batalha contra o câncer. 

Durante o discurso, Janet detalhou uma conversa com seus irmãos sobre seu pai e sua força. "Ele era tão forte, e sem sua motivação, sua força... não teríamos esse sucesso. Somos uma família negra que veio de Indiana e quebramos todos os tipos de discos ao redor do mundo. Isso é verdade", disse ela. Jackson revelou que seu irmão perguntou se ela acha que seu pai iria querer que ela continuasse a turnê. Ela disse à multidão que seu pai diria a ela para "terminar o que [ela] começou".

Joe Jackson nasceu em 26 de julho de 1928 no Arkansas. Ele e sua esposa Katherine deram a luz a 10 filhos: os filhos Jackie, Tito, Jermaine, Marlon, Brandon (irmão gêmeo de Marlon, que faleceu pouco depois do nascimento), Michael e Randy; e as filhas Rebbie, La Toya e Janet.

Joe começou a carreira musical de seus filhos no início dos anos 1960 e, eventualmente, criou o Jackson 5, que consistia em Jackie, Tito, Jermaine, Marlon e Michael. Após o sucesso da banda, a família se mudou para a Califórnia de Indiana e criou a gravadora Ivory Tower International Records. Os artistas que ele assinou para a gravadora serviram como artistas de abertura para o Jackson 5 ao longo de sua carreira.

Saiba mais sobre:

Gostou? Compartilhe!

MAIS NA WEB