O Mundo Sombrio de Sabrina | Templo Satânico ameaça processo a Netflix

A série pode ter se apropriado de um monumento do Templo, que é protegida por direitos autorais.

O Mundo Sombrio de Sabrina mal teve sua estreia, e a série já cativou muitos fãs, principalmente da série original. Porém, nem todo mundo se agradou pelo seu tema sombrio, satanista e obscuro. 

Uma organização de um Templo Satânico pode ter ameaçado com um processo a Netflix em cima da série, afirmando que uma estátua presente na série é um monumento criado pelo Templo, que não autorizou o seu uso no seriado. (Via comicbook)

Sim, iremos tomar medidas legais acerca de O Mundo Sombrio de Sabrina estar se apropriando do visual de nosso monumento protegido por direitos autorais para promover seu Pânico Satânico estúpido de ficção.”, disse Lucien Greaves, co-fundador do Templo, em seu twitter.

A imagem da estátua foi modelada a partir de uma ilustração específica do século 19 de Baphomet, embora O Templo Satânico tenha notado que esta estátua específica apresenta elementos únicos, tanto em design quanto em composição, que eles reivindicam direitos autorais e apontam que a série Netflix também usa.

 "É profundamente problemático para nós", Greaves compartilhou com SFGATE. "(Mas) mesmo que esse não fosse o caso, seríamos obrigados a fazer uma reivindicação de direitos autorais, porque é assim que os direitos autorais funcionam."

Na série, o monumento tem conexões com o próprio Satanás, apesar do monumento da vida real não pretender ser modelado à semelhança de Lúcifer. A esse respeito, Greaves sente como se o uso do monumento do Templo Satânico pudesse interpretar errado o que o ícone deve representar na vida real.

"Eu quero que eles tirem isso", acrescentou ele ao SFGate. "Parece que é um cópia CGI para começar. Eu não sei quanto trabalho leva, mas eu simplesmente me recuso a ter o nosso monumento usado desta maneira em perpetuidade. Eu não quero que nosso monumento seja associado a isso", disse ele, que criticou no Twitter o teor de "canibalismo" e "assassinato" da série associado ao Satanismo. "Eu sinto que o uso de nossa imagem particular que é reconhecida como nosso próprio ícone central [sendo] exibido de forma ficcional como central para algum culto canibalista tem efeitos prejudiciais no mundo real para nós"

A primeira temporada de The Chilling Adventures of Sabrina está disponível no catálogo da Netflix desde sexta-feira (26).  

Saiba mais sobre:

Gostou? Compartilhe!

MAIS NA WEB