Overwatch | Veja sete curiosidades sobre o game febre mundial

Jogo tem algumas curiosidades bastante peculiares, confira!

Lançado em 2016, Overwatch é um dos principais jogos da Blizzard, o FPS fez sucesso e foi eleito o melhor jogo do ano. E depois disso, o game manteve sua popularidade entre os jogadores casuais e cresceu no cenário competitivo, atingindo seu auge em 2018 com a temporada inaugural da Overwatch League. Veja abaixo sete curiosidades sobre Overwatch nos e-sports.

Sucesso até no... Pornhub?

Antes de entrar no universo dos esports, uma nota curiosa sobre o sucesso e alcance de Overwatch. Em uma estatística inusitada, o termo "Overwatch" já esteve algumas vezes entre os mais buscados no Pornhub, site de vídeos adultos. Em 2016 (quando foi lançado e eleito "melhor jogo do ano"), Overwatch foi o termo mais buscado no site no Brasil. Em 2017, o feito se repetiu no Brasil e se estendeu à Ucrânia. Com lançamento de Ashe em 2018, o site registrou aumento de 1233% nas buscas relacionadas a nova personagem.

O domínio da Brasil Gaming House

O Brasil tem o principal time de Overwatch da América do Sul. A Brasil Gaming House foi campeã em 2017 da Brasil Gaming Cup RJ e do Campeonato Brasileiro de Overwatch. Em 2018, o time venceu a primeira edição da Contenders South America, repetindo o feito na segunda temporada. Nas três edições da Overwatch World Cup, o elenco do Brasil foi formado em maioria por jogadores da BGH.

Hydration: o único brasileiro na Overwatch League

Se a BGH é a grande força sul-americana no cenário latino-americado, na Overwatch League o Brasil também tem representante. Nascido em Minas Gerais, João Pedro "Hydration" Telles mudou-se para os EUA ainda criança. Lá ele teve contato com vários jogos, entre eles StarCraft e Overwatch. Contratado pela Counter Logic Gaming, o desempenho do atleta chamou atenção da Los Angeles Gladiators, que assinou com o DPS. Seu apelido tem origem inusitada: precisando de um nome marcante, o atleta leu a palavra "hydration" (hidratação) na garrafa de um isotônico americano e resolveu adotá-la.

Sul-coreanos no poder

Potência nos esports, a Coreia do Sul também é o país a ser batido em Overwatch. Os sul-coreanos conquistaram as três edições da Overwatch World Cup e foram destaque na temporada regular e nos playoffs da Overwacth League. No torneio, os times com sul-coreanos foram destaque, com New York Excelsior vencendo a temporada regular e a London Spitfire campeã da temporada geral. O domínio se fez até mesmo na China: campeã das duas temporadas da Contenders chinesa, Lucky Future Zenith é formada apenas por sul-coreanos.

Transmissões dos playoffs da OWL na TV norte-americana

Em outro momento de destaque, os playoffs da OWL foram transmitidos nos EUA pela ESPN, ABC e Disney XD. A iniciativa é parte de um grande contrato entre a Walt Disney Company e a Blizzard Entertainment. Entretanto, vale registrar que a ideia não é inédita: em 2017 o Disney XD exibiu as finais da EVO 2017 de Super Smash Bros. for Wii U, enquanto a ESPN exibiu as finais de Street Fighter 5.

O mais bem pago do game.

Com a chegada da Overwatch League, foi definido que os jogadores teriam salário de no mínimo US$ 50 mil (cerca de R$ 187.5 mil) por ano. Entretanto, o norte-americano Jay "sinatraa" Won, na ocasião com 17 anos, assinou contrato com a NRG eSports no valor de US$ 150 mil (R$ 562.5 mil) por ano. Assim, sinatraa se tornou o jogador mais bem pago no competitivo de Overwatch.

Prêmio jogo de e-sports 2017

Overwatch entrou no radar das competições já no seu ano de lançamento, 2016. Na época, foi disputada a primeira edição da Overwatch World Cup. No ano seguinte viriam as primeiras temporadas da Overwatch Contenders. Com o sucesso crescente nos esports, o jogo da Blizzard foi indicado ao prêmio de jogo de esports em 2017, levando o prêmio e desbancando nomes populares na cena, como League of Legends, Dota 2 e Counter-Strike: Global Offensive (CS:GO).

Saiba mais sobre:

Gostou? Compartilhe!

MAIS NA WEB