Super Mario Bros | Cópia fechada é vendida por mais de US$ 100 mil

E aí, você pagaria tudo isso?

O produto foi vendido por US$ 100.150, quebrando o recorde anterior de uma outra unidade do game vendida em por US$ 30 mil.

O Kotaku destaca que essa versão é mais rara do que as demais. Em vez de estar envolto de plástico como as outras, essa é uma das primeiras edições do game de NES produzido nos Estados Unidos, que é selado no topo por um adesivo preto com o logo da Nintendo. Essas versões foram vendidas por um breve período de tempo, quando a empresa testava a venda do console em metrópoles como Nova York e Los Angeles, entre 1985 e 1986.

O game agora é posse de três pessoas: Jim Halperin, fundador e co-presidente da empresa de leilões de colecionáveis Heritage Auctions, o colecionador de games Rich Lecce, e o dono de lojas de games Zac Gieg. A Wata Games foi contratada para verificar a autenticidade do produto -- recentemente a Heritage começou a vender produtos verificados pela Wata.

O presidente da Wata, Deniz Khan, revelou ainda: 

"Eu sempre falei que acredito que o Mario selado por esse adesivo é possivelmente um dos itens mais importantes da história dos games". Ainda, ele conta que "a pessoa que estava vendendo o jogo diz há anos que nunca aceitaria menos de seis dígitos pelo item [...] conheço pessoas que o fizeram ofertas de cinco dígitos. Acima de US$ 50 mil. Mas nunca foi o suficiente para ele".

Saiba mais sobre:

Gostou? Compartilhe!

MAIS NA WEB