Tracy Chapman processa Nicki Minaj por violação de direitos autorais

Tracy afirma que Nicki plagiou sua música "Baby Can I Hold You", e pediu indenização por ter quebrado os direitos da letra e melodia da música.

Tracy Chapman entrou com uma ação por violação de direitos autorais contra Nicki Minaj, acusando-a de ter plagiado as letras e a melodia da música "Baby Can I Hold You", de 1988. (via Variety)

De acordo com o processo, Minaj pediu permissão durante o verão para provar a música em uma faixa intitulada "Sorry", que apareceria no álbum de Minaj "Queen". Chapman tem uma política contra permitir que seu trabalho seja testado, e ela se recusou ao pedido, através de seus representantes.

Foto: hbpo/DivulgaçãoTracy Chapman processa Nicki Minaj
Nicki Minaj/Tracy Chapman

Depois disso, Sorry foi descartada do álbum de Nicki, mas como já havia sido executada na rádio e segue sendo tocada em algumas baladas americanas, “o dano já estava feito”, nas palavras de Chapman. 

A faixa do Minaj usa quase todas as letras de “Baby Can I Hold You” como um refrão, que é repetido duas vezes após os versos originais do rap. A música apareceu no álbum de estréia auto-intitulado de Chapman, que também incluiu "Fast Car".

Confira abaixo a música "Baby Can I Hold You" de Tracy Chapman:

Em julho, o gerente de Minaj enviou um e-mail aos representantes de Chapman, dizendo que Minaj estava “inspirada” pela arte de Chapman e queria falar sobre o uso de seu trabalho. Alguns dias depois, Minaj twittou que "não tinha idéia" de que a música "mostrava a lenda #TracyChapman", de acordo com o processo. O tweet foi excluído desde então.

Agora a cantora pede uma ordem de proibição para que Nicki não cante ou divulgue mais a música e pede ainda uma indenização por uso indevido de seus direitos autorais.

Saiba mais sobre:

Gostou? Compartilhe!

MAIS NA WEB